wasaki@wasaki.com.br +55 41 3082 8484
Quais as características do muro atirantado? - Wasaki Engenharia
 

Quais as características do muro atirantado?

Desenvolvido para reprimir o empuxo do solo, o muro atirantado atua sob a forma de contenção, no caso de desabamentos de terra em rodovias e subsolos de construções.

É encontrado na forma vertical e está em constante pesquisa para melhorar suas características de tração. Uma referência nacional e internacional, que dedicou sua vida na pesquisa e estudos sobre o tema, foi o engenheiro brasileiro Prof. Antônio José da Costa Nunes, criador do tirante em barra e outras técnicas envolvendo a mecânica dos solos.

No Brasil o modelo de contenção por muro atirantado começou no Rio de Janeiro, em 1957, quando a técnica desenvolvida foi aplicada nas estradas Rio-Teresópolis e Grajaú-Jacarepaguá. Desde então, a estrutura garante estabilidade ao solo arrimado e evita desastres nas principais vias rodoviárias do país.

Neste artigo é possível encontrar mais detalhes sobre a definição do muro atirantado, principais características, vantagens construtivas e restrições ao se optar por esse modelo de contenção.

O que é muro atirantado?

Também conhecido como cortina atirantada, essa estrutura de contenção consiste em uma parede de concreto armado. Para introduzir mais tração ao conjunto, são colocados tirantes na parte interna, que podem ser um tubo formado por diversos fios de aço carbono, monobarra (fio único de aço) ou cordoalha (vários tubos de aço carbono).

Com objetivo passivo ou ativo, tem grande uso na segurança de rodovias, áreas de deslizamento, relevos ou zonas urbanas de relevo acidentado. Sua atuação acontece quando os tirantes são tracionados até a carga limite de projeto e absorvem a força do declive, de forma a evitar rupturas na estrutura e permitir obras em áreas com escarpa.

Principais características

Para o projeto do muro atirantado ter eficiência elevada, é recomendada a análise de um profissional especializado que garantirá as medidas e componentes necessários para a funcionalidade desejada. Geralmente a espessura varia entre 20 e 40 centímetros e é proporcional à carga de contenção requisitada e sua altura.

Os principais componentes do conjunto são os tirantes, que unem a seção ancorada na base do solo com o painel de contenção situado na parede externa da encosta e são dispostos de forma horizontal. Para evitar ação da umidade, a âncora desses tirantes é revestida por uma bainha. A implementação deve ocorrer de forma espaçada, de modo a não emaranhar os cabos. Por fim, os tirantes são protegidos e garantem a imobilização dos painéis.

Vantagens construtivas

Uma das principais vantagens é que essa estrutura não apresenta limites de altura, independentemente do porte do talude (terreno em declive). Outro benefício é a não necessidade de fundações cravadas na seção mais baixa do terreno, principalmente quando a base for rochosa. Além disso, mesmo que o mais comum seja a utilização de aço na construção, é possível a implementação de componentes especiais nos tirantes como forma de somar mais tração à carga requerida.

Restrições

Um ponto importante a ser destacado é a magnitude do projeto de um muro atirantado, que eleva os custos de construção. Isso se deve aos equipamentos tecnológicos que são necessários, mão de obra qualificada, material adequado para o modelo de tirante adotado e cuidado na fixação dos dispositivos ancorados. As condições de solo são outro fator que pode restringir a atuação da cortina atirantada e por isso sua análise deve constar na etapa inicial do plano de ação. Questões legais e obras próximas no subsolo também se tornam razão de atenção.

Wasaki Engenharia

Presente no segmento rodoviário com obras de infraestrutura, superestrutura e projetos de engenharia, a Wasaki Engenharia possui mais de 10 anos de conhecimento no ramo da construção civil. Com equipes focadas em entregar qualidade e tecnologia, a empresa é referência em projetos de alto padrão.

Confira o portfólio completo e segmentos de atuação da Wasaki Engenharia aqui.