wasaki@wasaki.com.br +55 41 3082 8484
Os diferentes tipos de asfalto e as suas aplicações - Wasaki Engenharia
 

Os diferentes tipos de asfalto e as suas aplicações

É bem sabido que o asfaltamento de avenidas, ruas e estradas revolucionou o transporte no mundo. Desde a primeira rodovia asfaltada percebeu-se que esse procedimento tornava as viagens mais rápidas, seguras e eficientes.

Quando vemos uma bela estrada asfaltada, nem imaginamos que além daquele, existem diversos outros tipos de asfalto, esse material tão relevante. A base comum é o petróleo, uma matéria-prima versátil que tem uma enorme importância na economia mundial, porém, algumas outras substâncias específicas podem ser adicionadas – ou não – com o intuito de atender às necessidades de cada terreno.

Superfícies distintas requerem composições diferentes de asfalto, por exemplo as rodovias que têm como fato rotineiro a passagem de veículos pesados, vão precisar de um asfalto mais resistente, já as ruas de bairros residenciais não demandam tamanha complexidade.

Principais tipos de asfalto e para que cada um serve:

1 – CAP: Cimento Asfáltico de Petróleo

Assim como emulsões asfálticas, esse asfalto é constituinte da parte de rolamento das estradas. O CAP, em específico, está presente em revestimentos de altíssimo padrão, por exemplo o Concreto Betuminoso Usinado à Quente.

2 – ADP: Asfalto Diluído de Petróleo

O ADP é normalmente utilizado para a impermeabilização da base de onde será feito o pavimento.

3 – Emulsão Asfáltica

Participa da camada de rolamento bem como CAP, mas está relacionada a revestimentos de médio a baixo padrão, como os tratamentos superficiais, microasfalto e as lamas asfálticas.

4 – Asfalto comum, composto de betume, areia brita e pó de pedra

O pavimento mais comum. É utilizado em ruas residenciais – onde não se espera a passagem de muitos veículos por dia, nem o trânsito de carros pesados, como caminhões, por exemplo.

5 – Asfalto de borracha

O mercado, recentemente, tem caminhado para a obtenção e utilização de novos tipos de asfalto, com objetivos diversos, com destaque para a sustentabilidade. Nesse sentido, o asfalto de borracha vem sendo uma opção interessante, por ser composto por fragmentos de pneus usados – uma ótima maneira de reciclar. A resistência e flexibilidade da borracha fazem com que esse asfalto tenha características muito benéficas, além disso, o custo de produção é bem menor, visto que a matéria prima vem do descarte.

6 – Asfalto verde

O grande diferencial desse asfalto é a presença de óxido de titânio que permite absorver quase 50% da poluição do ar, além de ser permeável, contribuindo para a diminuição de enchentes e alagamentos de rodovias. Agora, não pense que esse tipo de pavimento recebeu esse nome apenas por questões ecológicas. Sua composição química faz com que ele seja literalmente verde, chamando atenção e indo contra o tradicional tom escuro.

7 – Asfalto poroso

Esse tipo de asfalto já é realidade no Brasil e é formado por uma mistura de asfalto com pedras pequenas. Elas permitem que a água da chuva seja armazenada sem provocar transtornos e sem ser misturada com poluentes, ou seja, a água poderá ser captada e reutilizada para diversos fins.

Wasaki Engenharia

A Wasaki Engenharia fornece serviços de superestrutura e infraestrutura rodoviária e ferroviária com missão, visão e valores, além de rígidos padrões de sustentabilidade, profissionais extremamente capacitados e experiência no ramo desde 2010.

Clique aqui e saiba mais