wasaki@wasaki.com.br +55 41 3082 8484
Qual a composição da ferrovia? - Wasaki Engenharia
 

Qual a composição da ferrovia?

Um projeto ferroviário de qualidade envolve conceitos que se originam desde a escolha do terreno, até a definição das obras que serão necessárias e materiais que farão parte do escopo. Além disso, os materiais empregados, acessórios e elementos possuem funções e propriedades específicas que garantem o correto funcionamento da ferrovia. Nesse contexto surgem dois nomes que permeiam qualquer planejamento da via permanente: os conceitos de superestrutura e infraestrutura ferroviária.

A composição de uma ferrovia

Com relação aos principais componentes de uma ferrovia é possível fazer uma divisão em dois principais grupos: o primeiro deles é representado pelo material rodante, que envolve os veículos tratores e rebocados. Já o segundo diz respeito à via permanente, que engloba os conceitos de infraestrutura e superestrutura que serão melhor aprofundados a seguir.

Nesse último grupo é que pesquisas sobre topografia, análise do solo, necessidade de drenos e túneis e escolha de materiais e acessórios que suportem o impacto dos veículos e das intempéries do tempo aparecem para garantir que o percurso será seguro e eficiente. Também é a partir desses elementos que é possível avaliar qual a carga que será admitida pela via e de quanto em quanto tempo será necessário realizar uma avaliação para detectar possíveis reparos e melhorias.

Infraestrutura

O conceito de infraestrutura ferroviária representa todas as obras que originam a plataforma da estrada e serve de suporte para a superestrutura. Sobre sua composição, é possível encontrar os seguintes elementos:

  • Terraplenagem: realizada para tornar o terreno plano e garantir a topografia correta para o projeto;

  • Sistemas de drenagem: como sugerido pelo título, são responsáveis por realizar a drenagem da ferrovia e garantir sua manutenção;

  • Obras de arte corrente: são representadas pela presença de sarjetas, valetas e drenos;

  • Obras de arte especiais: englobam estruturas como pontes, linhas de energia e comunicação, túneis e viadutos.

Superestrutura

Como consequência, é a superestrutura que possui maior contato com o material rodante, termo referente ao conjunto de todos os equipamentos ferroviários que podem se locomover sobre a via permanente. Dessa forma, é a parte da ferrovia que absorve o maior impacto pela carga transportada e por ação de agentes externos. Por consequência requer um planejamento com maior frequência de manutenções preventivas e corretivas. Seus componentes, alguns visíveis e outras não, são listados na sequência:

  • Trilhos: também chamados de carris, são os perfis de aço laminado postos em paralelo para a passagem dos trens ou outros meios de transporte compatíveis com a via férrea;

  • Acessórios de fixação: os itens de fixação podem ser rígidos, elásticos ou semielásticos e têm por função distribuir a carga pela estrutura e garantir a estabilidade do conjunto;

  • Aparelhos de mudança de via: podem ser encontrados na literatura pela sigla AMV. São de fundamental importância para garantir que o material circulante mude de uma linha para outra;

  • Dormentes: usualmente encontrados próximos aos acessórios de fixação, os dormentes promovem suporte aos esforços aplicados sob o trilho, dissipando o peso pelo lastro;

  • Lastro e sublastro: o lastro representa a camada superior da superestrutura que promove amortecimento e estabilidade. A superestrutura ferroviária é apenas o vísivel acima do solo, ou seja, lastro, dormentes, trilhos e fixações. Entre o lastro e o resultado final da terraplanagem está o sublastro – camada que compõe a infraestrutura.

Wasaki Engenharia

A Wasaki Engenharia está em constante atualização para garantir as melhores soluções aos serviços ofertados. Por esse motivo são mais de 10 anos como referência na construção civil.

Dentro dos segmentos atendidos, estão projetos com foco nos setores de infraestrutura e superestrutura ferroviária, como obras de terraplenagem, sistemas de drenagem, substituição de dormente das vias e muito outras.

Para conferir todos os serviços oferecidos para o segmento ferroviário clique aqui.