wasaki@wasaki.com.br +55 41 3082 8484
Quais as características e tipos de ponte estaiada? - Wasaki Engenharia
 

Quais as características e tipos de ponte estaiada?

A ponte estaiada é um ponte suspensa por cabos e aços erguidos, fixos em hastes centrais de concreto.

Os principais elementos na construção dessa ponte são os mastros (também chamada de torres ou hastes), os estais (cabos), o tabuleiro (constituído de laje e vigas) e a fundação. Com um tom moderno e arrojado, a execução da ponte estaiada requer muito profissionalismo, desde a organização até a finalização pela sua total complexidade. 

Pela sua  imponência, muitas delas se transformam em cartões-postais, em diversos lugares pelo mundo, e isso é algo natural, pois sua beleza e grandiosidade impressiona a todos.

As pontes estaiadas são relativamente novas, com as primeiras obras surgindo nos meados dos anos 60. A ponte da Ilha Russky, na Rússia, é considerada atualmente a maior do mundo. Inaugurada em 2012, contém 1.104 metros de extensão, ligando a Ilha Russky à cidade de Vladivostok.

A primeira ponte estaiada no Brasil, foi erguida na cidade de São Paulo, perto da estação do Metrô Santo Amaro, construída sobre o Rio Pinheiros. Sua construção foi completada no ano de 1999. Teve o apoio inicial de uma empresa francesa, que forneceu toda a tecnologia para a obra.

Na ponte estaiada existem quatro elementos principais para a sua execução: estais, mastros, tabuleiro e a fundação.

Na ponte estaiada não existem ancoragens e nem cabos (estais) se estendendo por toda a ponte presos aos pilares. Diversos cabos são presos aos pilares, geralmente em equilíbrio e simetria, para fixar uma parte da ponte anexa ao pilar.

O sentido em que os estais estão direcionados classificam a ponte em: leque ou harpa. O tipo leque é mais atrativo quando estamos falando em distribuição de cargas, existindo maior verticalidade dos cabos que reduz a força de compressão sobre o tabuleiro. Já o tipo harpa, requer maior esforço sobre o tabuleiro devido aos seus cabos menos inclinados e é menos indicado para grandes vãos.

As pontes em leques são mais econômicas e, consequentemente, as mais construídas pelo mundo. Os modelos em harpas constituem de muito mais beleza do que estrutural.

O prazo de construção de uma ponte estaiada depende, principalmente, do tamanho do planejamento e dos recursos presentes na execução. Quanto maior for a ponte, maior será o prazo de execução pela grande demanda de recursos.

Vãos com mais de 150 metros, locais com passagem de embarcações são os principais lugares recomendados para a construção de uma ponte estaiada. Além de trazer mais modernidade e otimização, essa ponte traz um visual mais deslumbrante do que erguer uma ponte comum no mesmo local.

A Wasaki Engenharia possui um portfólio com mais de dez anos de serviços reconhecidos pela solidez e seriedade.

Infraestrutura e superestrutura ferroviária e rodoviária e obras de engenharia com total experiência no ramo e profissionais capacitados para a execução do projeto.

Saiba mais aqui