wasaki@wasaki.com.br +55 41 3082 8484
Como é realizada a escavação dos túneis - Wasaki Engenharia
 

Como é realizada a escavação dos túneis

A escavação de túneis é uma obra muito importante para diversas soluções em engenharia.

Um exemplo disso é o caso dos túneis para metrô. O processo é um tanto complexo, porém, confiável e fundamental para que inúmeras obras possam ser realizadas.

Uma das grandes etapas da escavação de túneis é, sem sombra de dúvidas, a perfuração do local onde será construído o túnel. Em geral, trata-se de um lugar rochoso. Ou seja, é preciso estudar o local em si, conhecer o tipo de rocha que será perfurada, tomar cuidados específicos em decorrência da geografia do local, bem como escolher o melhor tipo de solução para dar início ao processo de escavação.

Como a escavação de túneis é necessária para vários tipos de obras e soluções em engenharia, foram desenvolvidas diversas técnicas de escavação para que o resultado seja seguro, não importando qual seja a aplicação. Com isso, cada técnica pode ser aplicada de acordo com a finalidade da obra, o tipo de rocha que será perfurado, bem como o resultado do túnel e demais parâmetros importantes da obra em questão.

Maneiras de escavar os túneis

A primeira técnica citada para a abertura de túneis é o Tunnel Liner. A principal característica dessa técnica é o fato de que ela é do tipo não destrutiva, ou seja, não haverá o uso de explosivos para a abertura do túnel. Vale destacar que o material utilizado nessa técnica são os famosos bueiros metálicos, que podem ser construídos em tamanho pequenos ou maiores, a depender da aplicação. É a melhor técnica a ser empregada quando existe tráfego acima do túnel, espaço limitado ou apurado, bem como edifícios ou estruturas da via urbana acima ou no entorno do túnel.

Outro método bastante conhecido e utilizado nos dias de hoje são as Trincheiras, ou VCA. Diferentemente do anterior, aqui trata-se de uma escavação por meio destrutivo. Dessa forma, haverá interferência na superfície de perfuração do túnel. Dada a natureza destrutiva do processo, aplicar essa técnica exige o desvio do tráfego local para evitar interferências.

O Túnel Mineiro, também conhecido como NATM, é uma das técnicas mais utilizadas quando se é preciso construir túneis de grandes dimensões. O motivo disso é o fato de que a seção de escavação do Túnel Mineiro é totalmente adaptável, ou seja, será possível mudá-la em qualquer ponto da escavação sem que isso traga grandes problemas para a obra em si. Portanto, essa técnica é flexível e permite novos rumos, mesmo quando a escavação já foi iniciada.

Além disso, também é preciso destacar que o uso de explosivos também é algo importante quando o assunto é a escavação de túneis. Existem muitos terrenos rochosos que exigem o uso de explosivos para uma adequada penetração do terreno e posterior abertura do túnel. Sem esse item o processo de escavação pode durar semanas e até mesmo meses. O tipo de explosivo será determinado pelos responsáveis da obra de acordo com o tipo de rocha que se está lidando, o diâmetro que deve ser aberto e etc.

Seja de grande porte ou um pequeno túnel, quase sempre é preciso lidar com esse tipo de solução em grandes obras da engenharia. Por isso, escolher a técnica certa é fundamental para preservar a obra, encontrar as melhores soluções, bem como não causar distúrbios no entorno da obra, principalmente se o túnel será aberto em área urbana.

Wasaki Engenharia

A Wasaki Engenharia já possui mais de 10 anos de atuação no mercado de soluções em engenharia. A empresa se destaca pelo fato de contar com processos bem pensados e executados por meio de uma equipe multidisciplinar e sempre visando o melhor custo benefício para o cliente. A Wasaki presta serviços na área urbana bem como ferroviária e rodoviária.

Além disso, vale destacar que as soluções propostas pela Wasaki sempre levam em consideração a questão da sustentabilidade.

Para mais informações clique aqui.